A flacidez na barriga e em outras partes do corpo é normal com a idade e após a gestação.

Também é um fator genético que merece atenção desde cedo. No entanto, não há motivos para desespero.

Existem vários tratamentos para combater esse mal, que se combinadas com atividades físicas e uma alimentação saudável, são capazes de ajudar a amenizar ou eliminar os efeitos da flacidez corporal.

flacidez corporal

Para ajudar você, eu separei 5 formas de combater a flacidez corporal. Confira!

1. Mantenha o peso ideal

Manter o peso ideal é o primeiro passo para garantir uma pele firme e livre de tecido adiposo.

Isso porque, o efeito sanfona acontece justamente quando você perde peso e engorda novamente.

Isso faz com que as fibras elásticas se rompam, favorecendo o aparecimento de estrias.

Esse efeito favorece a flacidez no braço, flacidez nas coxas e, acredite, até mesmo a flacidez no rosto e no pescoço!

Assim, evitar o acúmulo de gordura e manter seus hábitos saudáveis, é o mais indicado para evitar a flacidez muscular e manter a sua pele saudável.

2. Coma alimentos ricos em colágeno e proteínas

Para combater a falta de rigidez na pele, aposte em alimentos como carnes magras, grãos, ovos, leite e derivados.

Eles contém proteínas fundamentais para auxiliar na manutenção dos músculos e são essenciais para o preenchimento da pele.

O colágeno também é indispensável para uma pele mais saudável e bonita. Ele é encontrado nas frutas cítricas, como a laranja, limão, tangerina e kiwi.

E ainda, a suplementação à base de colágeno é uma alternativa para quem tem uma rotina muito corrida. Esse suplemento é encontrado em farmácias, casas de produtos naturais e de suplementos alimentares.

Você também pode apostar em chá verde, frutas vermelhas e vegetais.

Esses alimentos ajudam a manter a saúde da pele, pois contém antioxidantes, com efeitos anti-idade, essenciais para combater o efeito mole da derme, o envelhecimento precoce da derme e ajudam no tônus muscular, evitando o aparecimento de rugas e linhas de expressão.

3. Pratique exercícios físicos

Para combater a flacidez, a dica é apostar na musculação combinada com outros exercícios físicos.

A atividade física atua no enrijecimento dos músculos, combatendo a flacidez, além de tonificar a pele.

Outro benefício dessa prática é que a musculação, com o passar dos anos, ajuda você a ganhar músculos.

Esses substituem a gordura, fortalecendo partes importantes do corpo, como coxa e abdômen.

4. Use cremes para flacidez

Existem no mercado diversos cremes que podem ser aplicados diariamente nos locais com maior flacidez.

Esses cremes são à base de silício ou colágeno, que devem ser aplicados com movimentos firmes e circulares para potencializar o efeito.

5. Apostar nos tratamentos estéticos

Os tratamentos estéticos são os grandes aliados quando o assunto é o combate à flacidez na pele.

A fisioterapia dermato funcional traz diversos tratamentos que podem potencializar os efeitos positivos do combate à maleabilidade da pele.

Isso é feito, por exemplo, com o uso de aparelhos de radiofrequência, carboxiterapia ou crioterapia.

Esses tratamentos ajudam a acabar com a flacidez, além de melhorar os resultados estéticos com a realização de atividade física e alimentação saudável.

As sessões de radiofrequências são fundamentais para estimular a formação de novas de fibras de colágeno, dando mais sustentação à pele.

Esse tratamento é indicado principalmente para combater a flacidez abdominal, que costuma acontecer após a gravidez.

É importante que você saiba que a flacidez também é um fator genético. Portanto, se você tem casos na família, os cuidados deverão ser redobrados e acontecem desde muito cedo.

Além disso, a flacidez na barriga é uma das principais queixas que recebo de minhas clientes.

Nesse caso, a cirurgia plástica também é um recurso para quem deseja saber como eliminar a flacidez na barriga, principalmente após várias gestações. Procure seu médico de confiança para saber mais a respeito.

Seguindo essas 5 dicas para combater a flacidez, você garante resultados visíveis e duradouros.

Se você gostou deste artigo, deixe o seu comentário logo abaixo!