Você já parou para pensar para que serve a drenagem linfática?

Ela ajuda a eliminar inchaços e desconfortos, causados principalmente pela retenção de líquidos no organismo.

Queridinha das famosas, essa técnica de massagem também pode deixar o corpo mais bonito e torneado.

benefícios da drenagem linfática

Mas, para resultados efetivos e duradouros, o procedimento deve ser aliado a uma boa alimentação e atividades físicas regulares.

Essa massagem também contribui para a melhora da circulação sanguínea, desfaz a tensão muscular, controla a hipertensão e combate outros males.

Quer conhecer mais sobre como funciona a drenagem linfática manual? Então continue a leitura e confira já!

O que é drenagem linfática manual?

A drenagem linfática manual é uma técnica de massagem que auxilia na definição dos músculos.

Ela ainda aumenta o bem-estar, ajuda na redução de medidas e do inchaço corporal.

Esse tratamento revolucionário minimiza a retenção de líquidos e o inchaço nas pernas, barriga, tornozelos, mãos, pés e braços.

Além disso, o procedimento melhora a circulação sanguínea e o tônus muscular.

Um método de drenagem linfática muito famoso, e que apenas a Lapibody oferece em Ribeirão Preto, é o chamado Miracle Touch, criado pela Renata França.

Devido à eficácia deste método, famosas como Thaís Araújo, Ivete Sangalo e Iza não abrem mão do Miracle Touch.

drenagem linfática em ribeirão preto

A massagem consiste em uma variedade de manobras exclusivas, que levam o excesso de líquidos até pontos específicos do corpo.

Os movimentos facilitam a eliminação do excesso de água e toxinas pelo próprio organismo.

O método funciona como uma lipoescultura manual, resultando em uma pele uniforme e músculos mais definidos.

Os resultados podem ser percebidos nas primeiras sessões e a continuidade do tratamento permite que a paciente tenha um corpo bem modelado e muito mais bonito.

A drenagem linfática atua estimulando o sistema linfático. Conheça mais sobre ele a seguir!

O que é sistema linfático?

O sistema linfático, popularmente conhecidos como gânglios linfáticos, atua fazendo a retirada do excesso de líquidos do nosso organismo.

Esses líquidos, conforme eu mencionei acima, causam o edema, também conhecido como inchaço, ocasionado pelo aumento da retenção de água no organismo.

Quando essa água passa a circular nos vasos linfáticos, ela é encaminhada até os linfonodos, também conhecidos como gânglios linfáticos.

Neles, o líquido é filtrado, o que é bom para o nosso organismo, e volta para a corrente sanguínea, sendo reutilizado pelo nosso corpo.

Já o que é ruim, e não pode ser aproveitado, é expelido pelo corpo em forma de suor e urina.

E é nele, no sistema linfático, que a drenagem linfática atua.

Muitas pessoas nos perguntam quanto custa uma drenagem linfática. Antes de responder, veja a seguir quem pode e quem não pode fazer o procedimento!

Quais as indicações para a drenagem linfática?

A drenagem linfática manual é indicada em casos de:

Recuperação de cirurgias

A drenagem linfática pós operatório é indicada para a recuperação de inchaços pós cirúrgicos, sobretudo em cirurgias plásticas como a mamoplastia, lipoaspiração, cirurgia no rosto ou abdômen.

Mas, atenção! Os movimentos e a técnica aplicada são diferentes daquelas aplicadas para fins estéticos.

Portanto, fique atenta e somente faça a drenagem linfática para pós cirúrgico com profissionais habilitadas.

Auxílio na prevenção e combate de gordura localizada e celulite

Como eu já mencionei, a drenagem linfática libera toxinas retidas no organismo, favorecendo a liberação de líquidos.

Assim, em casos iniciais da celulite, a drenagem linfática ajuda a diminuir o aspecto de “casca de laranja” da pele.

celulite

Isso acontece porque a celulite está diretamente ligada ao acúmulo e retenção de líquidos nas nádegas, coxas e braços.

Como a drenagem linfática atua basicamente na liberação desses líquidos, ela é uma forte aliada no combate à celulite!

No entanto, só a drenagem linfática, sem uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos, não faz milagre.

É preciso balancear a tríade: exercícios + massagem + alimentação, para ter os resultados desejados.

Acelera os resultados da academia

Assim, para resultados efetivos, uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos são fundamentais para potencializar os resultados de tratamentos estéticos.

A drenagem linfática manual ajuda a normalizar a circulação sanguínea, fazendo com que os exercícios, principalmente os aeróbicos e de musculação, tenham ainda mais resultados.

Ajuda na melhora da circulação sanguínea

Outro benefício da drenagem linfática é que ela ajuda no combate de varizes, tensão muscular e hipertensão.

Além disso, melhora as queixas de dor de cabeça e até mesmo os casos de sinusite.

Também atua no estado de bem-estar geral do corpo, ajudando no relaxamento e diminuição do estresse.

Isso acontece porque a drenagem linfática manual estimula o sistema nervoso parassimpático.

Portanto, as indicações para a paciente receber a massagem são: pacientes com retenção de líquidos, após traumas, pós cirúrgicos de qualquer tipo.

Quais são as contra indicações da drenagem linfática?

Não há necessidade de prescrição médica para que a drenagem linfática corporal seja realizada.

Porém, é interessante conversar com a esteticista para saber se a drenagem é contraindicada, avaliando o seu caso.

Nos casos abaixo, a drenagem linfática é contra indicada.

Pacientes com infecção

A drenagem linfática é contra indicada para pacientes com infecção, pois podem fazer com que as células infecciosas se espalhem com mais facilidade pelo corpo.

Pessoas portadoras de doenças crônicas

Em casos de pacientes com hipertireoidismo, insuficiência renal ou cardíaca, trombose e hipertensão descompensada, o tratamento também não é indicado.

Pessoas em tratamento quimioterápico

Esse procedimento também é contraindicado para pacientes com tumores no sistema linfático.

Da mesma forma, não são aconselhados para pessoas que estejam fazendo tratamento de quimioterapia.

Isso porque há o risco de as células cancerígenas serem difundidas para outros órgãos do corpo, exceto quando autorizado pelo próprio médico.

Doenças renais

Como o procedimento estimula a eliminação de toxinas através da urina, pode acontecer de a paciente ter vontade de urinar com maior frequência.

Por isso, pessoas com insuficiência renal ou com algum outro problema nos rins, não podem receber essa técnica.

Isso porque, os estímulos recebidos com a massagem podem agravar o caso.

Em todo caso, procure sempre uma profissional capacitada para realizar a drenagem linfática.

Assim, as pessoas que não podem realizar a técnica são pacientes com problemas renais crônico, hipertensos, pessoas que tenham alguma ferida no local da massagem e gestantes de risco.

Como a drenagem linfática é feita?

A drenagem linfática manual pode ser aplicada todos os dias. As profissionais habilitadas para tal são as esteticistas e massoterapeutas.

Sua execução deve ser feita por meio de movimentos em círculos, sutis e precisos sobre o caminho em que os vasos linfáticos percorrem no sentido do gânglio linfático.

Para maior eficiência do tratamento, é interessante que seja feita uma movimentação com as mãos no sentido horário.

Isso é importante para o esvaziamento dos gânglios linfáticos.

De forma manual, a drenagem é feita a partir de círculos com as mãos e com o polegar, movimentos combinados e pressão em bracelete.

Como eu já mencionei anteriormente, aqui na clínica nós trabalhamos com o método exclusivo da Renata França, com movimentos firmes e precisos, que levam os líquidos excedentes no organismo até os vasos linfáticos.

Com essa técnica incrível, é possível melhorar as funções essenciais do sistema venoso e linfático.

O objetivo da drenagem linfática manual é mobilizar a corrente de líquidos que está dentro dos vasos linfáticos com o objetivo de movimentar a linfa.

Com isso, podemos melhorar a circulação sanguínea, deixando para trás a retenção de líquidos.

A massagem auxilia na circulação linfática do organismo, contribuindo para o corpo eliminar toxinas e auxilia na nutrição dos tecidos.

Portanto, a principal função da drenagem linfática é acelerar o processo de retirada dos líquidos e resíduos metabólicos acumulados entre as células.

As manobras direcionam esses líquidos para os capilares linfáticos, por meio de movimentos certos, para que sejam filtrados e reintegrados à corrente sanguínea.

É importante ressaltar que a drenagem linfática, e nenhum outro tipo de massagem, faz você perder peso.

O que acontece é que esse procedimento retira líquidos do corpo, fazendo com que a cliente sinta uma sensação de leveza (causada pelo estímulo e bem-estar da massagem), pois a retenção de líquidos é eliminada.

No entanto, somente os líquidos são expelidos, e não a gordura corporal.

Dessa forma, é errado dizer que a gordura é eliminada na urina, após a drenagem linfática manual.

Como fazer a drenagem linfática?

Para a massagem, são utilizadas basicamente as mãos, com movimentos precisos em pontos específicos do corpo.

O objetivo é ajudar o organismo a eliminar as toxinas que causam os temidos inchaços, causados principalmente pela retenção de líquidos.

É comum durante a sessão ou logo após, que a cliente tenha muita vontade de urinar.

Mesmo depois de algumas horas, a tendência é o organismo continuar expelindo os líquidos em excesso.

Para obter os melhores resultados, é indicado a compra de um pacote de drenagem linfática, pois é difícil que a pessoa consiga fazer o procedimento sozinha.

Dessa forma, as sessões podem ser feitas de duas a três vezes por semana, de acordo com a sua disponibilidade.

Cada parte do corpo recebe estímulos diferentes

Para que a drenagem seja eficaz, é preciso realizar movimentos específicos para cada região do corpo.

Lembrando que o objetivo principal é sempre levar o movimento até os gânglios linfáticos.

Pode ser feito:

  • drenagem linfática nos braços e tórax;
  • drenagem linfática facial;
  • drenagem linfática nas pernas e coxas;
  • drenagem linfática na barriga.

Nos braços e tórax deve ser aplicada com movimentos a caminho das axilas, já nas pernas, ela deve ser feita de modo ascendente.

Na barriga a movimentação deve ser realizada até a virilha.

A drenagem linfática no rosto também é possível de ser feita, sempre em direção aos gânglios linfáticos do pescoço.

O couro cabeludo pode receber a aplicação da drenagem na parte alta do crânio.

Também pode ser aplicado mais embaixo, em direção às têmporas.

Como fazer drenagem linfática na barriga é uma dúvida muito recorrente. O ideal é manter movimentos circulares, terminando esses movimentos na virilha.

É importante que a paciente faça refeições leves antes do procedimento, para evitar refluxo.

A drenagem linfática também pode ser feita com o auxílio de equipamentos.

Mas, a drenagem linfática manual costuma apresentar resultados mais rápidos (e mais eficazes).

Quais os benefícios da drenagem linfática?

A drenagem linfática manual possui inúmeros benefícios. Dentre eles podemos citar:

  • a desintoxicação do organismo;
  • eliminação de líquidos acumulados no corpo;
  • ativação do sistema imunológico;
  • efeito analgésico e tranquilizante minimizando o estresse;
  • alívio de hematomas e inchaços, após cirurgias plásticas;
  • tratamento em casos iniciais de celulite e de gorduras localizadas.

Ou seja, é um procedimento que, além de promover ganhos na saúde, também tem efeito estético positivo. Se usado com responsabilidade, pode multiplicar a qualidade de vida das pacientes.

Para ajudar você a esclarecer mais algumas dúvidas com relação à drenagem linfática, separei as questões abaixo. Confira!

A drenagem linfática pode ser feita em gestantes?

Não só pode, como é altamente recomendada.

A drenagem linfática em gestantes é indicada a partir do terceiro mês de gestação, pois ajuda a eliminar toxinas do corpo.

drenagem linfática em gestantes

No entanto, para evitar qualquer preocupação, é importante informar ao médico obstetra a respeito da massagem durante o período da gravidez.

Dessa forma, o especialista pode acompanhar se está tudo certo, e se o procedimento pode transcorrer normalmente.

A massagem não é indicada para mulheres grávidas que possuam quadros de doenças no sistema linfático, hipertensão ou insuficiência cardíaca.

Portanto, é preciso manter os exames de rotina em dia para que não tenha risco do procedimento afetar o bebê.

A massagem sozinha traz benefícios?

Na verdade depende muito do seu objetivo.

No caso de tratamento terapêutico, ou seja, para tratar alguma doença, para a recuperação após procedimentos cirúrgicos, ou a drenagem para elevar a sensação de bem-estar, a resposta é sim, a drenagem age por si só.

Contudo, se a sua intenção é obter ganhos estéticos, como perda de gordura, a drenagem não age sozinha.

Para isso, eu insisto, você tem de deixar a preguiça e sedentarismo de lado e adotar uma mudança de hábitos, que envolve a prática de atividades físicas e alimentação mais saudável.

Para potencializar os resultados do seu corpo, eu sempre indico que você faça uma avaliação e acompanhamento com profissionais capacitados.

Ou seja, conte com a ajuda de uma nutricionista e um educador físico.

A massagem vai ajudar você a acelerar o metabolismo e retirar todo o excesso de líquidos do seu organismo.

Logo, cabe a cada profissional, dentro de suas especialidades, orientar quais são as melhores práticas para você seguir e conquistar seus objetivos.

Os exames médicos também ajudam a identificar alterações no seu organismo, que podem dificultar a sua perda de gordura.

Todo o tratamento pode ser potencializado com a drenagem linfática.

Como vimos, a drenagem linfática manual é uma forte aliada para a conquista de diversos objetivos, de bem-estar a fins estéticos.

A técnica é uma forte aliada para auxiliar na conquista de um corpo perfeito, o que eleva a sua autoestima, e a saúde do corpo e da mente.

Se você gostou deste artigo sobre drenagem linfática, que tal agendar uma avaliação personalizada (e 100% gratuita)?

Preencha o formulário abaixo e agende agora mesmo o seu horário!