Adiar os efeitos do tempo é o sonho de todas as mulheres e agora temos um forte aliado nessa missão: o botox.

botox: toxina botulínica

Essa substância ficou muito conhecida no uso estético quando as celebridades de Hollywood e do Brasil passaram a usar essa técnica para amenizar os efeitos da idade.

Mas existe uma série de indicações e contraindicações para a aplicação dessa substância.

Ao longo desta leitura, eu vou explicar o que é, para que serve a toxina botulínica e quem pode aplicar. Acompanhe!

O que é o botox?

É a abreviação para toxina botulínica. Esta é uma substância formada pela bactéria chamada clostridium botulinum e, resumidamente, para efeitos estéticos, serve para suavizar linhas de expressão.

Essa bactéria tem propriedades que auxiliam na contração dos músculos, paralisando-os. O botox é aplicado em homens e mulheres, com indicação a partir dos 25 anos, nas seguintes regiões para amenizar as linhas de expressão:

  • na testa;
  • no canto dos olhos;
  • no espaço entre as sobrancelhas.

Quais partes do rosto em que o botox não pode ser aplicado?

Existem algumas partes da face em que a aplicação do botox não é indicada, como o bigode chinês (a linha que se forma entre o nariz e o canto da boca) e os sulcos ao redor dos lábios.

Para esse tratamento, os dermatologistas indicam o preenchimento facial.

Isso acontece porque essas são regiões de bastante movimento, e não é indicado paralisá-las, como acontece na aplicação do botox.

Quais são as contraindicações?

A substância não pode ser aplicada em pessoas que apresentam alergia a qualquer componente de sua formulação. Também não pode ser aplicada em:

  • pacientes grávidas ou em amamentação;
  • portadores de doenças neuromusculares;
  • pessoas com doenças imunológicas;
  • pacientes que façam uso de anticoagulantes, aminoglicosídeos e outras substâncias que interfiram na transmissão neuromuscular.

Qual profissional pode aplicar o botox?

A aplicação da substância pode ser feita por cirurgiões plásticos e dermatologistas, que são os profissionais habilitados para isso.

Assim, é sempre bom checar a formação do(a) profissional e certificar-se que ele(a) realmente tem experiência na aplicação da substância. Doses em excesso podem ocasionar perda de expressão.

Como o próprio organismo é responsável por eliminar essa substância, com o tempo os movimentos tendem a voltar.

Mas, se aplicada por profissionais competentes esse risco é bem menor.

Quais são os efeitos colaterais?

Geralmente, os efeitos colaterais acontecem na primeira semana após a aplicação do botox e, apesar de momentâneos, podem perdurar por alguns meses.

Entre os principais sintomas estão:

  • dor na região tratada;
  • inflamação;
  • sensibilidade anormal à compressão;
  • hemorragia e/ou ardor.

Quanto tempo dura o botox?

A duração do procedimento depende de cada organismo mas, pode-se dizer que, no geral, a aplicação do botox dura aproximadamente 6 meses. Após esse período, é indicada uma nova aplicação da substância para um melhor resultado.

Como vimos, o botox é mais um recurso para adiar os efeitos do tempo. Vale reforçar que o procedimento deve ser feito com médicos especialistas, como dermatologistas e cirurgiões plásticos.

Se você gostou deste artigo sobre botox, deixe abaixo o seu comentário!