Toda mulher que deseja ter um corpo mais curvilíneo, já deve ter se perguntado se os resultados das massagens redutoras dependem da alimentação.

Quais alimentos são indicados? Quais precisamos restringir ou reduzir o consumo?

Todas essas dúvidas são comuns para aquelas pessoas que ainda estão conhecendo o método de massagem redutora e seus benefícios.

Para ajudar você a conhecer tudo sobre como a alimentação influencia os resultados das massagens redutoras, preparamos este post. Acompanhe!

Por que apostar nos resultados das massagens redutoras para perder medidas?

As massagens redutoras eliminam líquidos e toxinas, além de ajudar a acelerar o metabolismo.

Esse processo faz com que a queima de gorduras seja mais rápida nas áreas trabalhadas, a exemplo do abdômen, glúteos, quadris e coxas.

A massagem redutora método Renata França move o tecido adiposo para os locais certos. Isso deixa o corpo mais torneado e com um aspecto bonito e saudável. Para tanto, são utilizados processos rápidos, firmes e profundos.

Funciona assim: a profissional de estética faz movimentos de amassamento na pele. Esses movimentos chegam até a camada muscular que fica logo abaixo do tecido adiposo. Isso facilita o deslocamento da gordura e dá forma ao corpo.

Afinal, como a alimentação influencia o resultado das massagens redutoras?

A alimentação tem função primordial nos resultados das massagens redutoras.

Isso porque, quando a paciente tem um estilo de vida com hábitos saudáveis, o seu organismo responde melhor a estímulos externos. Como exemplos podemos citar as massagens e atividades físicas.

A ingestão de água também é recomendada para auxiliar e potencializar a redução das medidas.

Alimentos leves são indicados durante todo o tratamento, principalmente antes do procedimento de massagem redutora. O estômago cheio pode causar refluxos e ânsia de vômito, o que pode inviabilizar a sessão de massagem redutora.

Quais alimentos evitar para potencializar os resultados da massagem redutora?

É importante ressaltar que o profissional habilitado para prescrever uma reeducação alimentar é o nutricionista.

Esse profissional fará uma dieta balanceada com base nos seus hábitos alimentares.

No entanto, é importante evitar o excesso de sal na comida. Os embutidos, a exemplo do presunto, mortadela, salsicha e salame também devem ser evitados.

Os enlatados, igualmente, também são grandes vilões para quem deseja perder medidas e ter um corpo mais bonito e torneado. Isso porque, eles provocam inchaço devido à grande concentração de sódio dos conservantes.

Alimentos indicados

Além da ingestão de água, é indicado o consumo de frutas, legumes, verduras e carnes magras. Aposte no consumo de chás, sucos de fruta natural e água de coco.

Aposte também na ingestão de alimentos antioxidantes, ricos em vitaminas A, C e E.

Eles estão presentes em alimentos como: batata doce, espinafre, cenoura, abóbora, castanhas, acerola, kiwi, laranja, óleo de girassol, óleo de canola e azeite extra virgem.

Esses alimentos ainda ajudam a combater o aparecimento de rugas e acne.

Como vimos ao longo deste post, a alimentação influencia diretamente nos resultados das massagens redutoras.

Assim, quanto mais saudável e equilibrada for a sua alimentação, com a ingestão de alimentos saudáveis e em quantidades ideais, além da ingestão de água, melhores serão os seus resultados!

O que você achou deste post sobre como a alimentação influencia os resultados das massagens redutoras? Deixe seu comentário!